.

Link-me!


Quarta-feira, 31 de Março de 2010

Capitulo 10

desculpem estar pequeno, mas está minimamente bom!

 

 

Fui tomar um banho bem quente, para descontrair, depois fui até ao meu guarda-roupa e comecei a examinar. Eu não tenho grande roupa, também nunca liguei muito a isso. Acabei por pegar num vestido roxo e preto e nuns legins cinzentos com efeito brilhante. Não estava 5 estrelas, mas servia! Também não queria que parece-se muito menininha, não é?

Já eram cerca de 20h quando me fui maquilhar, maquilhagem simples, eu não iria exagerar – até porque tinha medo de fazer asneiras. Maquilhagem à base de preto era o melhor mesmo.

No fim de tudo ainda faltavam 20 minutos, sentei-me na cadeira da entrada a ler “A Melodia do Adeus” de Nicholas Sparks. Quando faltavam cerca de 5 minutos para as 21h, calcei-me e peguei na minha – pequena - mala onde levava apenas a carteira, o telemóvel, lenços de papel e gloss.

Quando cheguei ao sitio combinado, ele já lá estava de camisa branca, calças de ganga e ténis, encostado a um muro e ao lado da sua bicicleta, a falar com Roshon.

-Afinal sempre vieste de bicicleta! – Comentei.

-Sim, mas ela fica aqui com o Roshon! – Respondeu.

-Ok!

-Então vamos? – Perguntou.

-Vamos!

Começamos a andar lado a lado, sem dizermos uma palavra.

-Estas muito bonita! – Disse-me, sorrindo.

-Ah… Obrigada! Tu também não estás nada mal.

“Nada mal, mesmo! Acho que nunca o tinha visto tão bom em toda a minha vida!” – pensei.

Chegamos ao parque sem trocarmos quase nenhuma palavra. Já lá, sentamo-nos num dos bancos.

-Então… Como tens andado? – Perguntou.

-Com os pés! – Respondi e ele soltou uma gargalhada. – Não, a sério… Tenho andado bem!

Menti, não estava para lhe impingir com os meus dramas de adolescente destroçada!

-E tu? - Perguntei.

-Eu também! – Respondeu-me, a sorrir. – Sabes, hoje fiquei com vontade de fazer uma coisa!

-O quê? – Perguntei visivelmente curiosa, mas também um pouco nervosa.

-Isto!  -Respondeu, aproximando-se lentamente.

Quando os seus lábios quase tocavam os meus, ouvi alguém a chama-lo.

-Hey, Taylor! – Berrou Chuck

-Olá, Chuck!

Eu já amava aquele rapaz, então agora, My God, o meu amor por ele não tinha fim. Só me apetecia mata-lo! Agora percebi porque é que a Nikki gostava tanto dele! Porra, já nem sequer conseguia ser irónica!

Eles ficaram a falar um bocado e depois o Chuck foi embora.

Uff, finaly! Estava a ver que aquele pêgo nunca mais ia embora!

-Desculpa, Tay! – Disse Taylor.

-Não faz mal! – Respondi, sendo o mais amável possível.

-Onde é que nós íamos… - Disse, trincando o lábio inferior. O que, para ser sincera, me deixou a derreter!

Ele voltou a aproximar-se, lentamente, até que os nossos lábios se tocaram. A partir daí ele foi aumentando a velocidade. Não se podia chamar àquilo um beijo romântico, mas deixou-me sem fôlego. Aquele era o meu primeiro beijo e não era como eu sempre imaginei, era milhares de vezes melhor. Era inimaginável a maneira forte, mas carinhosa como ele me tocava nos lábios, como as nossas línguas se moviam em sintonia…Como tudo aquilo era especial e inimaginável!

Quando nos separamos levei breves segundos a voltar ao normal e depois disso abri os olhos. Ele estava a olhar para mim, olhava-me nos olhos, o que me conferiu uma energia enorme.

Beijamo-nos de novo, mas desta vez fui eu que tomei a iniciativa. Depois de muitos beijos e poucas palavras ele levou-me a casa!

Quando me deitei na cama pensei em todos os momento e, por momentos, pensei estar a sonhar.

Este tinha sido, sem qualquer margem para duvidas, o melhor dia da minha vida!

 

Para postar tenho de ter 3comentários, logo que os tenha começo a escrever e posto!

estou: Dreaming girl!
a ouvir...: Here We Go Again - Demi Lovato

Terça-feira, 23 de Março de 2010

Capitulo 9

-Claro, Demi! – Esta era a Demi que eu conhecia.

-Vamos arranjar?

-Of course!

-Vamos ter com o Taylor? – Perguntou-me.

-Ok!

Fomos até ao salão de jogos, lá à beira. Quando o encontramos ele estava a fumar.

-Taylorzinho, deixas-nos dar uma passa?

-Desde quando é que a menina Demi e a menina Taylor fumam?

-Desde que nos apetece! – Respondi-lhe. – Mas deixas ou não.

-Ok, é na boa! Uma vez não é vez!

Ele passou a cigarro para a mão de Demi, ela estava a tremer um bocado, mas acabou por dar uma passa.

-Então? – Perguntou Taylor.

-É cool! – Disse Demi. – Experimenta, Taylor!

Eu peguei no cigarro e, sem pensar duas vezes – para não correr o risco de me arrepender – dei uma passa.

-É bom, não é? – Perguntou Demi.

-Espectáculo! – Disse-lhe.

Nunca me tinha sentido tão livre na vida, nunca me tinha sentido tão dona de mim mesma. Neste momento, a jogar matraquilhos com a Demi o Taylor e o Jesse: Eu e o Taylor contra a Demi e o Jesse. Estava dois – dois, ultima bola e depois tínhamos de ir para as aulas – não que me apetecesse muito mas não estava para faltar. Não estava para ouvir a DT a berrar comigo 45 minutos seguidos, sim o meu problema era ela, porque com os meus pais eu podia bem!

-AhAhAh Mama! – Berrou Taylor, quando marcou, levantando os braços. – Ganha-mos!

-Boa! Agora vamos! – Resmungou Demi.

-Tem calma! – Disse Taylor. – É na boa, se chegarmos atrasados.

-Deixa estar, ela só está zangada por ter perdido! – Comentei.

-Pois, e o Jesse também! – Completou Taylor.

-Alguma coisa contra? – Resmungou Jesse, com ar ameaçador.

-Nada, nenhuma! Mas nós… – Disse pondo o braço à volta do meu pescoço. – Nós ganhamos!

Nesse dia, à tarde decidi voltar a compor, decidi criar uma música divertida – pelo menos uma vez na vida tinha de o fazer, não?

Peguei na minha guitarra eléctrica e comecei a mandar notas ao ar, a cada nota saia um som novo, uma ideia nova, uma vida nova… Cada partícula de ar onde o som se movia parecia infinita, parecia não ter fim, parecia ser para a eternidade… Parecia que aquele momento tudo estava parado, nada desenvolvia, nada crescia. O que não era mau, visto que eu não estava a sofrer, o que não acontecia há meses.

A música ficou fixe, amo-a… É divertida, roqueira, maluca, … perfeita:

“I saw you looking over
Now I see you moving this way
Pushing through the crowd
Like you've got something to say
But you couldn’t walk
Cause the music's taken over your feet
I can tell by your toes
That you're rocking to this beat
You gotta dance till you ache
Till you drop, till you break
Free your soul Let me see you shake

One by one we're stealing the stage
Here we come so get out of our way

Chorus:
It won't be long till the summer's gone
Get your party on, so we sing along
Hold on tight it's a crazy night
Get your party on, so we're screaming out loud

I know your type and all the hype
Is going straight to your head
And everybody's stopping what they’re doing
Cause your face is turning red, yeah
You gotta learn how to move to the groove
Get in or get out

Put your hands in the air
Stand up in your chair and shout
You're all dolled up with nowhere to go
You wanna get out and put on a show

There's nothing wrong with staying home
As long as you've got your radio

Chorus:
It won't be long till the summer's gone
Get your party on, so we sing along
Hold on tight, it's a crazy night
Get your party, on so we're screaming
Don't wait and don't you be late
Get your party on, So sing along
Hold on tight, It's a crazy night
Get your party on, so we're screaming out loud

Come on
Dallas Texas
Bring it home
For me baby

The little things that you do
From across the room
I see you sendin' me clues
They're in the way you make me move

Chorus:
It won't be long till the summer's gone
Get your party on, So sing along
Hold on tight, It's a crazy night
Get your party on, so we're screaming
Don't wait and don't you be late
Get your party on, so sing along
Hold on tight, It's a crazy night
So get your party on and screaming out loud

Screaming out loud
Get your, Get your
Party on

Let's do it again”

 

Recebi uma mensagem.

De: TaylorL

Para: TaylorS

Mens.: Queres vir dar uma volta?

Respondi…

De: TaylorS

Para: TaylorL

Mens.: Onde?

 

De: TaylorL

Para: TaylorS

Mens.: Por aí, pela cidade…

 

De: TaylorS

Para: TaylorL

Mens.: Com quem? Ou só nós?

 

De: TaylorL

Para: TaylorS

Mens.: Só nós os dois…

 

De: TaylorS

Para: TaylorL

Mens.: Ok… Quando?

 

De: TaylorL

Para: TaylorS

Mens.: Quando quiseres…lol, mas estava a pensar logo à noite, lá para as 21h, pode ser?

 

De: TaylorS

Para: TaylorL

Mens.: Pode ser…:) Onde nos encontramos?

 

De: TaylorL

Para: TaylorS

Mens.: Se quiseres posso te ir buscar à beira da casa do Roshon, é perto da tu, não é?

 

De: TaylorS

Para: TaylorL

Mens.: Sim, é! Então, fica combinado?

 

De: TaylorL

Para: TaylorS

Mens.: Sim, vou buscar-te lá às 21h… Preferes ir de bike ou a pé?

 

De: TaylorS

Para: TaylorL

Mens.: A pé. Contigo é mais seguro!

 

De: TaylorL

Para: TaylorS

Mens.: Não confias em mim? :(

 

De: TaylorS

Para: TaylorL

Mens.: Claro que confio, não confio é em ti em cima de uma bicicleta!

 

De: TaylorL

Para: TaylorS

Mens.: LOL! Eu compreendo! Não posso falar mais, desculpa…

 

De: TaylorS

Para: TaylorL

Mens.: Não faz mal! Xau, beijo!

 

De: TaylorL

Para: TaylorS

Mens.: Beijo!

 

Yahoo! Vou sair com Taylor, não é na escola e foi ele que me convidou! Comecei a dançar feita maluca! Hoje tinha sido, sem dúvida, o melhor dia da minha vida!

estou: beem
a ouvir...: The Middle - Demi Lovato

.


. ver perfil

. adiciona-me como amigo

. 16 seguidores

.

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.

. Blog Fechado

. Capitulo 4 "Plan"

. Capitulo 3 "Belive"

. Capitulo 2 "Stories"

. Capitulo 1 "Meeting"

. Prefácio "Hunt"

. Nova História

. Capitulo 17 - Ultimo (Par...

. Capitulo 17 - Ultimo (Par...

. Capitulo 17 - Ultimo (Par...

.

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008